thais Últimas Postagens

A necessidade do silêncio nos dias atuais

O atual cenário da nossa Pátria amedronta a maioria dos corações de tal forma que não sintonizar com as vibrações de tristeza diante das catástrofes, de desesperança frente a violência e desigualdades sociais pede constante vigilância. A atmosfera do nosso planeta passa por um período denso e a nossa terra segue cada vez mais adoecida, libertando-se do estágio de mundo de provas e expiações rumo à evolução como planeta de regeneração. Em meio aos barulhos, frutos da desarmonia, o nosso psiquismo vai se enfraquecendo, recorrendo a mecanismos de defesas insalubres, e assim, articulamos novos problemas, agimos com indisciplina, precipitações, nos desesperamos em inquietudes e arrasadoras tempestades emotivas. A este respeito, Manoel Philomeno de Miranda, em o livro Transição Planetária, psicografado por Divaldo Franco, assinala a época que estamos vivendo como o caos espiritual que convida o ser humano a mudanças de comportamento para que se instalem os hábitos do dever, da ordem, do amor e do silêncio.

Ouvir em meio a tantos barulhos associados às reclamações, descrenças, gritos e angustias, desrespeitos ao próximo, intolerância no trânsito não tem sido fácil para tantos que se esforçam em iniciar um dia em prece, mas que se perdem e se misturam a essa faixa vibratória que carece de fé. Para tanto, entre nós, ocidentais, tem-se adquirido cada vez mais o hábito da meditação, prática oriental que deveras tem fundamental importância para o cultivo do silêncio.

Shotaro Shimada, um dos precursores da Hatha Yoga no Brasil, considera como a meditação o estado absoluto de realização infinita, oportunidade de comunhão com Deus. Em suas reflexões relativas aos hábitos dos ocidentais reconhece que “nossa mente é tudo… O fato é que precisamos mudá-la, pois depende de nós mesmos sermos felizes e infelizes… É justamente essa mudança de pensamento que se chama de meditação e que, na realidade, é um controle mental”. Sentar, alinhar a coluna, silenciar e meditar é um caminho para a verdadeira condição de meditação essencial nos dias atuais, no entanto, reconhecemos que a verdadeira postura silenciosa que permite a sintonia constante com os nossos bem feitores vai muito mais além. Meditemos diariamente e sigamos o restante do dia com o controle mental adquirido nesta prática, ouvindo as inspirações dos amigos do plano espiritual e brilhando a nossa luz em forma de serenidade composta de esperança e amor.

Ao nosso lado, a misericórdia de Jesus em favor do planeta se faz presente através de seus Anjos os quais intercedem por nós para que não percamos a oportunidade de renovação, como nos ensina Mércia Aguiar, em seu livro Projeto Dois Corações. Da nossa parte, a postura disciplinada, constantemente vigilante e em prece é fundamental para que a ebulição de conflitos de toda ordem não conduza o nosso dia. Conduta capaz de expandir da nossa alma essa luz que nos protegerá, acalentará nossas dores, amparará nossas dúvidas, permitindo, assim, que haja o silêncio composto pela perfeita comunhão com Deus.

O silêncio é uma prece, uma semente que merece ser cultivada em nossos corações para ouvirmos as sugestões dos Anjos e evoluirmos a cada dia, percebendo que o Brasil vai-se encontrar com as vozes do amor, colorido por novos sonhos e pelas nossas atitudes de quem decidiu silenciar em meio ao caos, ouvir o Alto em cada passo e evoluir ao lado do próximo que tanto necessita de nós.

 

No meu silêncio

Eu me encontro

E encontro com Deus

A minha alma se encanta

E se une aos filhos Seus

Em ecos da esperança

Milhões de corações, em um só

Deus me cobre com suas bênçãos

Eu me entrego

Me integro

Em vales floridos, eu medito

E deixo-me levar pela verdade

Que se espalha em vibrações de amor

Na fé de um mundo com mais ternura

E menos maldade

Coloridos de bons sentimentos

E menos sofrimento

No meu silêncio

Eu me reencontro

Liberto da sombra

Com a luz da esperança

A minha alma se encanta

E desperto com Deus.

(Thaís Lúcia Machado da Silva Psicóloga especialista em Saúde e Hospitalar. Instrutora de Yoga – Psicanalista Infantil Membro do Grupo de Edificação Espírita e da Academia Espírita de Letras do Estado de Goiás.)

Incremente seu like!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow by Email
Facebook
Facebook